Olá, hamburgueiros! Pergunta rápida: para vocês, qual o melhor e mais consistente ator trabalhando atualmente? Denzel Washington? Daniel Day-Lewis? Tom Hanks? Benedict Cumberbatch? Gary Oldman? As possibilidades são muitas, assim como as respostas. Não espero que haja unanimidade, é apenas um exercício para pensarmos no corpo de trabalho Leia mais
Olá, hamburgueiros! É difícil apontar o Guillermo del Toro como um dos melhores diretores da atualidade – primeiro porque ele mais escreve roteiros do que dirige filmes, e dos que dirige, ele tem no currículo uma obra-prima como O Labirinto do Fauno, outros entre excelentes e ótimos – Espinha do Diabo, Hellboy, Blade II -, […]Leia mais
Olá, hamburgueiros! Não é uma regra, porém ocorre que, com notável frequência, títulos esdrúxulos forneçam filmes ótimos, tais como: Mais Estranho que a Ficção, Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças, Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância), entre variados outros. Três Anúncios para um Crime é menos curioso que o título original do Leia mais
Olá, hamburgueiros! Não é de hoje que sabe-se que não sou um fã dos filmes da série Star Wars – os melhores são apenas “bons” e a maioria é apenas medíocre, recheados de interpretações fracas, usualmente com diálogos de doer no ouvido. Gosto, no entanto, da ideia do universo, da Força e das possibilidades que, […]Leia mais
Olá, hamburgueiros! Costumeiramente eu vou ao cinema para ver um espetáculo visual e sonoro. Não exatamente para ter minha mente desafiada, mas apenas para dar um banho nos meus sentidos – maravilhar os olhos e deleitar os ouvidos. Felizmente a indústria cinematográfica é, usualmente, ótima nisso – tanto o é que criou-se o termo Leia mais
Olá, hamburgueiros! Blade Runner, o Caçador de Androides, quando estreou em 1982, teve duas principais reações: a) ignorado e/ou b) criticado severamente. Some a isso uma produção problemática, com o Ridley Scott sendo demitido pouco antes da filmagem principal iniciar, ou o orçamento sendo estourando e atrasos ocorrendo, colocando pressão Leia mais
Olá, hamburgueiros! Poucos filmes da minha infância marcara-me tanto quanto It: Uma Obra Prima do Medo (apesar desse prenome) – que não é exatamente um filme, mas, originalmente, uma minissérie, só que aqui no Brasil foi lançado como um filme em duas partes (duas fitas na época). A verdade é que eu não deveria ver […]Leia mais
Olá, hamburgueiros! Filmes que lidam com manipulação do tempo, bem como eventos recorrentes que ligam-se, de alguma maneira, a algum mistério ou situação que o protagonista precisa revelar ou entender, tendem a fornecerem bons filmes. Feitiço do Tempo (com o Bill Murray), Déjà Vu (com o Denzel Washington), Contra o Tempo (com o Jake Leia mais
Olá, hamburgueiros! Filmes de espionagem são um subgênero dos mais movimentados, afinal eles permitem múltiplos usos: podem ser thrillers intensos cheios de reviravoltas, suspenses tensos, drama profundos, aventuras envolvidas em correrias, lutas e perseguições, até mesmo visões sobre mercantilismo e sistemas econômicos, entre outras maneiras Leia mais